Depois do Outubro Rosa é a vez dele, Novembro Azul

Segundo o Ministério da Saúde, mais de 50 mil novos casos de câncer de próstata são registrados, por ano, no Brasil, e matam cerca de 12 mil homens a cada 12 meses – são 95% mais mortes pela doença do que há 30 anos.

Quanto mais cedo o câncer de próstata for detectado, maiores são as chances de cura do paciente e só há um jeito de fazer isso: realizando, anualmente, após os 45 anos de idade, o exame de toque retal e exame de sangue – para detectar os níveis da proteína PSA (Antígeno Prostático Específico) no organismo.

Em 2003, na Austrália, criou-se o movimento (hoje internacional) Novembro Azul.

Mundo a fora a iniciativa conta com atividades de conscientização no mês de novembro – não só sobre o câncer de próstata, mas também a respeito de outras doenças que atingem os homens, como o câncer de testículo.

Assim como no Outubro Rosa, em Novembro Azul uma das principais atividades é iluminar de azul as fachadas de importantes monumentos das cidades, para mostrar apoio à causa. No Brasil, entre outros locais, o Estádio do Pacaembu (SP), o Elevador Lacerda (BA) e a Esplanada dos Ministérios (DF) terão iluminação azul.

Saiba mais sobre o movimento Novembro Azul.

A Campanha

Um Toque, Um Drible – Campanha Nacional de Combate ao Câncer de Próstata criada pelo movimento

A Campanha Um Toque Um Drible, a começar pelo nome, que remete ao duplo sentido, entre o exame de toque retal e a “dar um toque”, um conselho, integra ações de conscientização entre homens, mulheres e também os jovens, para que a questão da saúde masculina seja um processo, construído ao longo da vida.

O público-alvo são homens a partir de 45 anos e grupos de participação ativa no processo de prevenção e cuidados, como família, parceiros e comunidade. Para alcançar os seus propósitos, a Campanha tem o apoio de importantes formadores de opinião, como o ex-jogador de futebol Zico.

A Campanha conta com um amplo calendário de ações em diversas cidades brasileiras, como Salvador, São Paulo, Barretos, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife, Natal, João Pessoa e Petrolina. Essas ações contemplam: iluminação de pontos turísticos e monumentos, palestras informativas para leigos, intervenções em eventos populares e pedágios em locais de grande circulação.

Fonte:
Super Interessante
Movimento Novembro Azul

Esta entrada foi publicada em Saúde e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Spam protection by WP Captcha-Free